Seguros: arrecadação foi de R$ 17,2 bi de janeiro a junho de 2003

06/08/2003 / FONTE: Fenaseg


O setor de seguros arrecadou R$ 17,204 bilhões em receita de prêmios de janeiro a junho deste ano, 23,02% a mais do que no primeiro semestre de 2002 quando a arrecadação foi de R$ 13,984 bilhões. O ramo Vida registrou incremento de 70,48% no período, saltando de um faturamento de R$ 2,752 bilhões no primeiro semestre de 2002 para R$ 4,693 bilhões nos seis primeiros meses deste ano. O ramo lidera o ranking de produção com 27,28% de participação, seguido pela carteira de Automóvel que registrou no período participação de 24,67%, faturamento de R$ 4,243 bilhões e crescimento de 6,79%. O ramo Saúde obteve expansão de 4,71% em relação ao mesmo período do ano passado, tendo registrado arrecadação de R$ 3,260 bilhões de janeiro a junho de 2003, contra R$ 3,113 bilhões no ano de 2002. O Ramo Incêndio também registrou forte incremento de 44,25% e arrecadou R$ 1,443 bilhão no período. As provisões técnicas do setor fecharam em R$ 17,623 bilhões e incremento de 55,20% em comparação a junho de 2002, segundo os técnicos da Fenaseg, por conta do desempenho da carteira do seguro de vida, com ênfase nos produtos em regime de capitalização.

Notícias relacionadas


1. Você precisa ser cadastrado para enviar o seu comentário. Se ainda não fez o seu cadastro, por favor, clique aqui. Um e-mail será enviado para a sua caixa postal, fornecendo sua senha.

Esqueceu sua senha?

Preencha o campo abaixo com o mesmo endereço de e-mail que você usou para fazer o seu cadastro e enviaremos uma nova senha para a sua caixa postal: