Seguro prestamista é opção contra inadimplência

19/08/2019 / FONTE: Revista Apólice

seguro-prestamista1

Produto oferece proteção para consumidor que deseja proteger seus bens e deixar sua família livre de dívidas caso algum imprevisto ocorra, atendendo também aos interesses das empresas fornecedoras de crédito
Planejar o seu futuro financeiro e da sua família é importante em tempos de instabilidade econômica no País, pois uma boa gestão financeira deve levar em consideração os riscos envolvidos em ocasiões inesperadas, como o desemprego, invalidez e até mesmo a morte. Uma forma de garantir que nada saia do controle é através da contratação do seguro prestamista.

Este seguro representa um respaldo financeiro para as empresas que operam com crédito e tranquilidade para o segurado, que terá sua dívida quitada caso aconteça algum dos sinistros previstos na apólice, deixando a sua família livre de dívidas. O seguro prestamista pode ser igualado a uma proteção social para quem não tem patrimônio, pois evita a perda de algum bem adquirido caso a pessoa não arque com algum compromisso.

Segundo dados da Superintendência de Seguros Privados (Susep), o produto cresceu 25,5% no primeiro trimestre deste ano, sendo a maior expansão entre os produtos de seguro contratados no período. Em comparação, o seguro de vida cresceu 17,2%; o de viagem,11,7%; e o funeral 11,8%.
De acordo com a Federação Nacional de Previdência Privada e Vida (FenaPrevi), em 2018, a venda desse seguro somou R$ 11,3 bilhões, um aumento de 19,35% em relação ao ano anterior. A motivação desse crescimento se deve a dois fatores: um aumento na expansão do crédito e a necessidade de garantia maior contra a inadimplência por parte de bancos e varejistas e um maior entendimento da população sobre a necessidade de honrar seus pagamentos e não ficar com o nome sujo.

“Para o consumidor, a principal vantagem é a garantia de manter o bem adquirido em caso de evento coberto. Mas é importante ressaltar também as vantagens para as empresas, que contando com o recebimento das parcelas, podem oferecer crédito a um número maior de consumidores”, afirma Luis Reis, diretor de Afinidades da Zurich.

O produto é acessível a todas as classes econômicas, pois seu valor condiz ao valor da parcela do bem ou do empréstimo, em média de 5% a 8% do montante total. Na maior parte dos casos, são os bancos ou as financeiras que oferecem o produto aos clientes, que podem aceitá-lo ou não. Mas o consumidor também pode perguntar se é possível contratá-lo.

“Diante do cenário econômico do país, esse tipo de seguro se apresenta como uma ótima opção. Nada na vida é possível prever, por isso a contratação de um seguro prestamista é importante para que, caso algo aconteça, o segurado não fique desamparado e com o nome sujo na praça”, ressalta Francisco de Assis Fernandes, diretor comercial da American Life.

Além disso, outra diferença dessa modalidade de seguro é que o beneficiário nunca será quem contratou, mas sim a instituição financeira que concedeu o crédito. Contudo, caso o segurado assine uma apólice com um valor maior que sua dívida e ocorra algum sinistro, o débito é pago e o valor restante retorna para ele ou para a lista de beneficiários que ele pode incluir no contrato.

Tags:

1. Você precisa ser cadastrado para enviar o seu comentário. Se ainda não fez o seu cadastro, por favor, clique aqui. Um e-mail será enviado para a sua caixa postal, fornecendo sua senha.

Esqueceu sua senha?

Preencha o campo abaixo com o mesmo endereço de e-mail que você usou para fazer o seu cadastro e enviaremos uma nova senha para a sua caixa postal: