Seguro de vida é ramo com diversas oportunidades

13/12/2018 / FONTE: Revista Cobertura

1516902908_image2
Revista da Aconseg-SP – NÚMERO 44 – OUTUBRO/NOVEMBRO/DEZEMBRO DE 2018
Corretores de Seguros compartilham experiência com essa carteira
Aconseg-SP-Simone-169x300
O ano de 2018 foi marcado pela campanha “Diga sim para o seguro de vida”, criada pela Aconseg-SP para dar ênfase à importância deste seguro e as oportunidades de negócios para os corretores de seguros parceiros das assessorias. Confira os relatos de alguns profissionais que trabalham com este ramo.
Simone Cavalcante, corretora de seguros e sócia da SL Cavalcante, compartilha que encontrou um nicho no seguro de vida. “O mercado que achei carente foi o de seguro de vida para as empresas com frotas e vans, que querem contratar APPs (acidente pessoal por passageiro e motorista)”. Segundo ela, a cobertura deste seguro específico cobre morte acidental, invalidez permanente total, despesas médico-hospitalares, para o condutor e para o passageiro. “É um seguro barato para aquelas companhias que possuem veículos na rua e ganhamos pelo montante”.
Simone conta que no ano passado não trabalhava com o produto, mas com a crise começou a diversificar a carteira e, por isso, aumentou 300% neste nicho. “Aprendemos a atender o cliente como um todo, não somente com um produto, oferecendo para a mesma carteira outros seguros como o de vida”, comenta sobre o processo de cross-selling.
No ano passado, segundo Simone, ela trabalhava apenas com mais uma pessoa. “E nesse ano, além de mim, há mais duas pessoas, além da parceria com a assessoria de seguros, que é muito boa e me ajuda a aumentar a atuação neste nicho, dando assistência no que precisamos”.
Para o ano que vem, Simone quer aumentar ainda mais o trabalho no ramo de seguro de vida. “O seguro de vida está crescendo, por isso quero cadastrar mais clientes para aumentar ainda mais a carteira e se for preciso, buscarei novas companhias para trabalhar”.
Garantia de proteção
O seguro de vida garante ao segurado uma reserva financeira em caso de uma inesperada aposentadoria por invalidez permanente, ou para a manutenção financeira de ascendentes, descendentes e cônjuge, em caso do falecimento do segurado, garantindo que, se algo ocorrer, a reserva estará à disposição de sua família.
É essa a visão do corretor de seguros João Carlos Rodrigues, diretor da DVCOSeg Corretora, que considera o seguro como um dos mais importantes. “Pois atende o nosso bem maior, que é a família. Infelizmente, no Brasil ainda não há essa cultura, apesar de que está melhorando”.
ACONSEG-SP-JOÃO-CARLOS-3
O corretor diz que o seguro de vida traz coberturas adicionais, que devem ser sempre lembradas pelos corretores de seguros na oferta aos clientes. “Há hoje coberturas adicionais, como funeral, cônjuges, o que dá uma série de outros benefícios como invalidez temporária, aposentadoria por invalidez permanente, ou seja, há uma série de coberturas que se pode receber em vida. É um seguro importante, por isso é obrigação do corretor sempre falar para o segurado”.
Ele também trabalha mais com clientes corporativos e neste ano sentiu os impactos da crise, porém Rodrigues tem uma perspectiva de que a economia volte a crescer no próximo ano. “Mesmo no ano de crise, eu mantive o número de vidas na minha carteira deste ramo, que é de 4,5 mil. Espero que com o novo cenário, a economia volte a crescer e por isso projetamos 25% de crescimento, sendo bem ousado e contando com a capacidade do governo”.
Leia a versão digital da edição 44 da Revista da Aconseg-SP:  ACONSEG-SP 44
Tags:

1. Você precisa ser cadastrado para enviar o seu comentário. Se ainda não fez o seu cadastro, por favor, clique aqui. Um e-mail será enviado para a sua caixa postal, fornecendo sua senha.

Esqueceu sua senha?

Preencha o campo abaixo com o mesmo endereço de e-mail que você usou para fazer o seu cadastro e enviaremos uma nova senha para a sua caixa postal: