Produto cresceu 40% e pode ser oportunidade para Corretor

26/09/2019 / FONTE: CQCS | Sueli Santos

seguro-prestamista-itau-1

O seguro prestamista vem ganhando destaque no Rio Grande do Sul. O jornal GaúchaZH fez uma reportagem destacando que o Estado registrou queda na arrecadação geral de seguros, mas o prestamista teve crescimento de 40% no primeiro semestre no Estado ficando em R$ 557,6 milhões frente aos R$ 395,7 milhões de igual período de 2018.
A procura superou a média nacional, que registrou crescimento de 24,1%, passando de R$ 5,5 bilhões, no primeiro semestre do ano passado, para R$ 6,8 bilhões de arrecadação neste ano.
Para o presidente da CNSeg, Márcio Serôa de Araújo Coriolano, há uma tendência forte de continuação do crescimento do seguro prestamista. “Como, no Brasil, continua a retomada do crédito, principalmente para pequena e média empresa, mas também para pessoas físicas, esse seguro vai continuar crescendo bastante”, afirmou.
O jornal traz o depoimento de Maurício Junqueira, diretor comercial da empresa Benefício Sul Corretora de Seguros, sobre o seguro prestamista. “É um seguro de vida que tem o objetivo de garantir um bem, um patrimônio ou um determinado crédito na falta do segurado”.
O seguro prestamista prevê a quitação de empréstimos em caso de falecimento do segurado e invalidez permanente por acidente e/ou doença. Dessa forma, a dívida não fica para os familiares. O seguro prestamista pode ser pago em parcelas mensais ou em apenas uma vez.
Em caso de desemprego e/ou incapacidade física temporária, parcelas (o número de parcelas é acertado na assinatura do contrato) são quitadas. Em relação à demissão, o objetivo é permitir que o segurado tenha essas prestações pagas até que possa se inserir novamente no mercado de trabalho. Em relação à invalidez temporária, serve para que o segurado tenha um fôlego financeiro, com o pagamento de determinadas parcelas, até a recuperação de sua saúde.
Vice-presidente da Icatu Seguros e presidente da Rio Grande Seguros e Previdência, César Saut diz que o seguro prestamista é um produto oferecido separadamente do crédito concedido. “Vimos isso na própria Expointer. Muitas das operações de crédito concedido a produtores na feira estavam atreladas a um seguro prestamista”, destacou Saut.
Exemplos práticos do seguro prestamista

O jornal traz exemplos de valores pagos no seguro prestamista, no Rio Grande do Sul.

Dívida quitada: R$ 41,5 mil
Prêmio pago (valor mensal pago pelo segurado): 21,60
Idade do segurado: 38 anos
Dívida quitada: R$ 475,9 mil
Prêmio pago: R$ 251,29

Idade do segurado: 54 anos
Dívida quitada: R$ 246,1 mil
Prêmio pago: R$ 127,98
Se de um lado o seguro prestamista evita dor de cabeça para quem contrata, já que a dívida de empréstimo é quitada, de outro, ajuda também quem concede o crédito, já que há uma redução da inadimplência.
“Incrementamos esse produto, com o auxílio-funeral, que certamente vai ajudar os familiares. E ele também concorre mensalmente a quatro sorteios de R$ 5 mil”, diz Luiz Onofre Meira, presidente da Servicoop, cooperativa de crédito que trabalha com o seguro prestamista.
Leci de Oliveira foi sorteada e recebeu esses R$ 5 mil citados por Meira. O marido dela, que acabou falecendo em janeiro, tinha o seguro prestamista. O empréstimo de R$ 13,8 mil foi quitado pela seguradora. Ela ainda recebeu uma diferença de R$ 1,5 mil e outros R$ 1,5 mil de auxílio-funeral.

 

Tags:

1. Você precisa ser cadastrado para enviar o seu comentário. Se ainda não fez o seu cadastro, por favor, clique aqui. Um e-mail será enviado para a sua caixa postal, fornecendo sua senha.

Esqueceu sua senha?

Preencha o campo abaixo com o mesmo endereço de e-mail que você usou para fazer o seu cadastro e enviaremos uma nova senha para a sua caixa postal: