Prêmio de seguros de vida ultrapassa o do segmento automotivo pela 1ª vez

01/03/2018 / FONTE: Folha

15198629195a9744871f92c_1519862919_3x2_md

Prêmios de seguros de automóveis cresceram apenas 6,7% no último ano

O prêmio total nos seguros de vida subiu 10,8% no ano passado e superou, pela primeira vez, o ramo automotivo, cuja alta foi de 6,7%, segundo o órgão regulador Susep.

O cálculo exclui o seguro obrigatório DPVAT no ramo de veículos, gerido por um único consórcio, e inclui o prestamista —que quita dívidas em caso de morte, invalidez ou desemprego —no de pessoas.

O maior ritmo de crescimento dos produtos de proteção pessoal ocorre desde 2015, segundo Marcio Coriolano, presidente da CNseg (confederação das seguradoras).

A venda de carros teve leve melhora em 2017, mas a queda nos anos anteriores impactou a contratação de coberturas, afirma. A variação foi de 2,6% em 2015 e -1,7% em 2016.

O incremento no seguro prestamista foi um dos principais fatores responsáveis pela alta em 2017, afirma Cláudio Leão, diretor do Bradesco.

Excluído esse produto, que cresceu quase 24%, a variação no ramo de pessoas foi similar à do automóvel, diz ele.

A tendência é que a diferença entre os segmentos aumente, de acordo com Bernardo Dieckmann, diretor da Icatu.

“Os prêmios de vida deverão superar R$ 37 bilhões. Os de carro podem até evoluir, mas não na mesma escala, pois são muito semelhantes entre si, o que leva a uma batalha de preços.”

Clientes têm optado por produtos mais complexos, não só no seguro de vida como em investimentos, e isso vai alavancar o setor, diz Luiz Fernando Butori, do Itaú.

 

 

Tags: , ,

1. Você precisa ser cadastrado para enviar o seu comentário. Se ainda não fez o seu cadastro, por favor, clique aqui. Um e-mail será enviado para a sua caixa postal, fornecendo sua senha.

Esqueceu sua senha?

Preencha o campo abaixo com o mesmo endereço de e-mail que você usou para fazer o seu cadastro e enviaremos uma nova senha para a sua caixa postal: