Porto Seguro apresenta oportunidade de negócio para o Corretor

06/11/2019 / FONTE: CQCS

1-grafico-crescimento

Com a Reforma da Previdência tramitando no Congresso Nacional, muitos Corretores passaram a olhar com mais atenção para os produtos relacionados à previdência privada. Para esclarecer os principais pontos relacionados ao tema, o CQCS conversou com a diretora de Vida, Previdência e Investimentos da Porto Seguro, Fernanda Pasquarelli.

 

São Paulo, Brasil 18-04-2019 Retrato de Fernanda Pasquarelli, Diretora do Porto Seguro Vida, Previdência e Investimentos na sede da empresa em São Paulo. Fotos : Fernando Martinho
Retrato de Fernanda Pasquarelli, Diretora do Porto Seguro Vida, Previdência e Investimentos na sede da empresa em São Paulo. Fotos : Fernando Martinho

A executiva enfatiza que o Corretor sempre foi fundamental no processo de comercialização da previdência privada por ser o profissional capacitado para ajudar o cliente a se planejar financeiramente. “Embora hoje as pessoas demonstrem um maior interesse pela previdência privada, a maioria ainda tem dúvidas sobre seu funcionamento e benefícios. É aí que o Corretor se torna um protagonista ainda maior, prestando toda a consultoria necessária ao informar as características do produto, seus benefícios e esclarecer as dúvidas do cliente. Ao oferecer esse produto, é importante que o profissional destaque que a previdência privada ajudará o consumidor a ter um futuro mais tranquilo em um cenário de mudanças na aposentadoria e de longevidade”, afirma Fernanda.

 

No entanto, a diretora lembra que é essencial ressaltar que essa ferramenta, embora seja um complemento à aposentadoria, pode ajudar em vários outros aspectos. “Com a previdência privada, o cliente pode construir seu planejamento financeiro para realizar sonhos futuros (viagem ou início de um negócio próprio, por exemplo) e, ao realizar aportes nos planos de previdência da modalidade PGBL (Plano Gerador de Benefício Livre), consegue deduzir no Imposto de Renda suas contribuições e aportes feitos ao plano em até 12% da renda bruta anual. Trata-se de um adiamento, pois a cobrança do imposto de renda ocorrerá no final, no recebimento do benefício, ou em caso de resgate. Além de pagar menos ou restituir mais IR enquanto investe, o cliente pode reaplicar o dinheiro e aumentar ainda mais sua reserva futura”, ensina.

De acordo com a executiva, também é possível incluir coberturas de renda e pensões no plano de previdência, que irão proteger financeiramente o cliente e a sua família em caso de imprevistos.

 

“Além de todos esses pontos, é importante que o Corretor esclareça as diferenças de cada plano e indique a modalidade mais adequada de acordo com o objetivo do investidor por meio de simulações, levando sempre alguns fatores em conta, como valor e tempo de investimento; valor da renda pretendida e por quanto tempo”, alerta.

 

Fernanda Pasquarelli aponta a especialização como o melhor caminho para que o Corretor entenda o funcionamento e as características da previdência privada, qual plano e, especialmente, qual o tipo de  fundo é mais indicado para cada tipo de perfil. “Também é o melhor meio para que ele se torne, de fato, um conselheiro financeiro na vida do cliente, pois para exercer esse papel é necessário que o profissional conheça bem o produto que oferece”, diz.

 

Com o objetivo de auxiliá-lo nessa jornada, o Porto Seguro Vida e Previdência lançou, em parceria com o Ibmec, o Programa de Especialistas em Planejamento Financeiro. Por meio de workshops e palestras, a iniciativa visa tornar o Corretor ainda mais preparado para ofertar a solução financeira e de proteção de renda mais adequada à necessidade dos seus clientes.

 

“Estude bastante, se aperfeiçoe, conheça profundamente o produto. Saia do patamar de vendedor e passe para o de conselheiro financeiro do seu cliente. Ofereça um plano de previdência privada para aquele cliente que já conhece o seu trabalho e confia, pois a relação será longa. Destaque todos os benefícios dos planos de previdência, como esse produto pode auxiliar seu cliente e familiares no futuro e esteja sempre à disposição para sanar as dúvidas sobre o produto”, aconselha Fernanda.    

Tags:

1. Você precisa ser cadastrado para enviar o seu comentário. Se ainda não fez o seu cadastro, por favor, clique aqui. Um e-mail será enviado para a sua caixa postal, fornecendo sua senha.

Esqueceu sua senha?

Preencha o campo abaixo com o mesmo endereço de e-mail que você usou para fazer o seu cadastro e enviaremos uma nova senha para a sua caixa postal: