Notícias | 3 de maio de 2021 | Fonte: Consumidor Moderno

Por que a Porto Seguro está investindo no setor pet?

Empresa de seguros se uniu à Petlove e ampliou sua atuação no segmento que movimenta cerca de R$ 40 bilhões ao ano

Todo mundo conhece alguém que é apaixonado por um bichinho de estimação e faz de tudo o possível para cuidar dele com todo o amor e carinho. Tudo mesmo. Prova é que o setor pet movimenta cerca de R$ 40 bilhões ao ano e oferece soluções que vão desde itens básicos, como alimentação pet, serviços de banho, tosa e vacinação, até itens supérfluos, como guloseimas pet – incluindo cervejas e ovos de Páscoa! – acessórios da moda e até mapa astral, passando pelo plano de saúde pet.

De olho neste mercado, a Porto Seguro se uniu à Petlove, maior pet shop online do Brasil. Na transação, a empresa de seguros passa a deter 13,5% da participação da varejista e, em contrapartida, transfere a operação de planos de saúde pet – que antes era chamado Health for Pet e agora passa a se chamar Porto.Pet – para a startup.

De acordo com estimativas da Associação Brasileira da Indústria de Produtos para Animais de Estimação (AbinPet), o Brasil é o segundo maior mercado do setor pet do mundo, ficando atrás apenas dos Estados Unidos. Por aqui, existem cerca de 141,6 milhões de animais de estimação – pouco mais de um para cada dois habitantes. São mais de 55 milhões de cães, 40 milhões de aves, 24 milhões de gatos, além de peixes ornamentais, coelhos, porquinhos-da-índia e até répteis – que também entram na conta.

Com base nesses números, é possível afirmar categoricamente que se você não é dono de pet, certamente conhece alguém que tem o bichinho como um verdadeiro membro da família.

É o caso de Nathaly Marcondes, mãe de duas cachorrinhas, a Luna e a Stella, que têm até perfil no Instagram (@luna_stellinha). A publicitária, que é apaixonada por animais, gasta, regularmente, cerca de R$ 550 por mês com as ‘meninas’, considerando ração, bifinhos, tapetinho higiênico, banho e tosa semanais e remédio antipulga.

“Isso quando não tem consulta no veterinário e vacina, porque aí fica mais. Tem também uns mimos que eu compro de vez em quando e não entram nessa conta. Elas são minha paixão. Cuido mesmo”, conta Nathaly Marcondes.

A movimentação da Porto Seguro

Com a combinação de operações da Porto Seguro com a Petlove, a empresa vai oferecer à sua base de clientes todo o conjunto de soluções e conveniência da varejista, além de aumentar substancialmente a rede de aceitação de seu plano de saúde pet, uma vez que vai atingir os milhares de veterinários que participam do ecossistema Petlove em todo o Brasil.

Em contrapartida, a Porto Seguro transfere para a startup seu plano de saúde pet, o Health for Pet, que conta atualmente com 41 mil vidas.

A varejista já possui outros negócios dentro do ecossistema pet, como a DogHero, que oferece serviços de hospedagem, passeios e pet sitter; a Vetsmart, que fornece ferramentas de auxílio e conteúdo sobre o mercado para profissionais da área; e a Vetus, sistema de gerenciamento para petshops e clínicas veterinárias.

De acordo com Marcos Loução, vice-presidente de Negócios Financeiros e Serviços da Porto Seguro, participar do ecossistema pet sempre esteve nos planos da empresa. “A Porto Seguro é mais que uma seguradora, é um ecossistema de soluções de serviços de proteção com tecnologia embarcada, para melhorar e facilitar a experiência do cliente e, na companhia, atuamos em quatro verticais de negócios: seguros, saúde, serviços e produtos financeiros. Sendo assim, o ecossistema pet sempre esteve em nossos planos e agora estamos ainda mais presentes, a partir do acordo com a Petlove”, explica.

A tomada de decisão, segundo o vice-presidente, considerou o comportamento e as tendências da sociedade, além do potencial que o mercado representa para os negócios. Estatísticas apontam que o setor pet tem um e-commerce em franco crescimento que, atualmente, tem penetração de apenas 6% no segmento.

“As pessoas têm uma relação de carinho com os pets – que se intensificou ainda mais na pandemia, momento em que os bichinhos, muitas vezes, foram as únicas companhias no isolamento. Isso reforça a importância de que a saúde dos animais de estimação esteja bem amparada a todo momento. Além disso, este é um mercado com muito potencial de crescimento. Os números registrados nos mais diferentes segmentos dentro do mercado pet mostram crescimento substancial, seja em saúde, serviços, alimentação ou veterinário. Esse dado evidencia o tamanho do potencial que este mercado tem e sua importância para o cenário econômico brasileiro”, destaca Marcos Loução.

Porto Seguro mira em expansão do setor pet

Não é de hoje que a Porto Seguro reconhece a importância do setor pet para os negócios: a empresa, que incorporou o plano de saúde pet em sua carteira de negócios ainda em 2016, agora, tem como objetivo expandir sua atuação.

“Observamos um crescimento considerável na procura por soluções como as que oferecíamos com Health for Pet e que vamos continuar oferecendo, por meio da Porto.Pet, em parceria com a Petlove. Atualmente, com 41 mil vidas em carteira e atuamos nas cidades de São Paulo, Rio de Janeiro, Curitiba e Belo Horizonte. Porém, a demanda para comercializar o produto por parte de nossos corretores de outros lugares do país é latente. Com a união de soluções das duas empresas podemos atender de maneira mais acelerada o pedido dos nossos corretores e expandir regionalmente a atuação da Porto.Pet. Temos como objetivo quintuplicar a base nos próximos anos”, revela o vice-presidente de Negócios Financeiros e Serviços da Porto Seguro.

O valor dos planos de saúde Porto.Pet variam de acordo com a cobertura contratada e com a idade do pet: começam em R$ 100/mês – que contemplam serviços ambulatoriais – e podem chegar a mais de R$ 300/mês com atendimento completo.

“Na nossa avaliação essa aliança entre as duas empresas oferece ao mercado um conjunto de soluções bastante amplo. A criação da marca Porto.Pet e a operacionalização junto ao ecossistema Petlove visam uma maior atuação junto ao público consumidor e certamente essa aliança trará resultados bastante importantes sob o ponto de vista de atender um público ainda maior do que já ocorria anteriormente, ainda com a Health for Pet. Vamos seguir acompanhando esse segmento e buscar oferecer as melhores soluções para o cliente”, afirma Marcos Loução.

Participe do Bom Dia Seguro, o maior grupo no WhatsAPP exclusivo para Profissionais de Seguros de todo Brasil.

Realize o seu cadastro através do link e venha compartilhar conhecimento: https://www.cqcs.com.br/cadastre-se/

Caso você já seja cadastrado no CQCS, envie um Fale Conosco solicitando participar do grupo. Link: https://www.cqcs.com.br/fale-conosco/

FAÇA UM COMENTÁRIO

Esta é uma área exclusiva para membros da comunidade

Faça login para interagir ou crie agora sua conta e faça parte.

FAÇA PARTE AGORA FAZER LOGIN