Minas Gerais é o segundo Estado com mais pagamentos de Seguro DPVAT no Brasil

12/05/2020 / FONTE: O Tempo

WhatsApp Image 2020-05-07 at 18.35.43

Acidentes com motocicletas representam 74% dos pedidos de pagamento em 2020

De janeiro a março deste ano, foram feitos 10.258 pagamentos de indenizações em Minas Gerais devido a acidentes de trânsito, o chamado Seguro por Danos Pessoais causados por Veículos Automotores de via Terrestre (DPVAT). Desses, a maior parte foi pago a pessoas que se envolveram em acidentes com motocicletas, um total de 7.591 beneficiados, segundo levantamento feito pela Líder Seguradora.

De acordo com o estudo, de todos os seguros pagos no Estado, 6.219 foi por invalidez, ou seja, cerca de 60%. A faixa etária com mais pessoas que receberam o DPVAT é entre 25 e 34 anos – 2.579 pessoas.

Com 272.062,90 km de rodovias, Minas tem a maior malha rodoviária do Brasil, equivalente a cerca de 16% do somatório de rodovias estaduais, federais e municipais existentes no país, segundo o Governo Estadual.

Belo Horizonte

De acordo com o levantamento da Líder, a capital teve 1.022 indenizações pagas no primeiro trimestre de 2020, o equivalente a 9% dos beneficiados em todo o Estado. A maioria dos acidentes também foi envolvendo motocicletas – 783, cerca de 76%.

A faixa etária com mais vítimas é a mesma de Minas Gerais – um total de 261 pessoas. Invalidez também foi a maior causa para o pedido de pagamento do DPVAT, com 680 acidentados.

Brasil

Ao todo, foram pagos 89.028 seguros entre janeiro e março deste ano no país. As características mais marcantes desses acidente são as mesmas de MG e BH: a maioria se envolveram em acidentes com moto (69.928); invalidez (59.726); faixa etária entre 25 e 34 anos (23.227).

Por dia, a Líder recebe uma média de 400 ligações para pedidos de indenização do seguro.

DPVAT

O seguro tem a finalidade de amparar as vítimas de acidentes de trânsito em todo o território nacional, não importando de quem seja a culpa dos acidentes.

A seguradora faz o pagamento das indenizações caso a vítima morra, tenha invalidez permanente ou necessite de dinheiro para despesas médicas. Os valores pagos podem chegar até R$ 13,5 mil.

“Um dado que chama atenção é que cerca de 80% dos pedidos de indenização realizados por meio da central de atendimento são analisados e pagos em até 15 dias. Ao entrar em contato com a central de atendimento, o beneficiário é orientado pelo atendente sobre as coberturas do Seguro DPVAT e a documentação para dar entrada no pedido de indenização ou de reembolso de despesas médicas (DAMS). Depois de feito um pré-cadastro, o beneficiário deve enviar os documentos por e-mail para finalizar o cadastramento e permitir que a solicitação seja analisada pela Seguradora Líder”, informou.

Foto: Ramon Bitencourt / O Tempo
________________________________________________________________________________________________

Participe do Bom Dia Seguro, o maior grupo no WhatsAPP exclusivo para Profissionais de Seguros de todo Brasil.

Realize o seu cadastro através do link e venha compartilhar conhecimento: https://www.cqcs.com.br/cadastre-se/

Caso você já seja cadastrado no CQCS, envie um Fale Conosco solicitando participar do grupo. Link: https://www.cqcs.com.br/fale-conosco/

Tags:

1. Você precisa ser cadastrado para enviar o seu comentário. Se ainda não fez o seu cadastro, por favor, clique aqui. Um e-mail será enviado para a sua caixa postal, fornecendo sua senha.

Esqueceu sua senha?

Preencha o campo abaixo com o mesmo endereço de e-mail que você usou para fazer o seu cadastro e enviaremos uma nova senha para a sua caixa postal: