Mercado inicia o ano com crescimento modesto

13/03/2019 / FONTE: CQCS

Crescimento-790x400

O mercado de seguros faturou pouco mais de R$ 9,1 bilhões no primeiro mês de 2019. Segundo dados da Susep, essa soma representa um crescimento nominal de apenas 1,26% em comparação a janeiro de 2018, bem abaixo, inclusive, da variação da taxa de inflação acumulada entre os dois períodos comparados (que chegou a 3,75%, segundo o IBGE).

Esses valores incluem o VGBL, mas, não foram computados os planos de previdência privada complementar aberta, a capitalização e o seguro saúde, que está sob a alçada da Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS).

Além do fraco desempenho, o setor registrou aumento da taxa média de sinistralidade, que passou de 45% para 52%, entre janeiro de 2018 e o mesmo mês no atual exercício.

O volume de sinistros ocorridos cresceu 21,3% entre os dois períodos, para aproximadamente R$ 4,5 bilhões.

Isso significa que, no primeiro mês do ano, o mercado devolveu para a sociedade, na forma de indenizações, benefícios e resgates, algo em torno de R$ 150 milhões por dia, incluindo finais de semana e feriados, ou ainda R$ 6,2 milhões a cada hora.

Já as despesas comerciais, que incluem as comissões pagas aos corretores de seguros, cresceram 7,5% entre os dois períodos, somando R$ 2,3 bilhões no primeiro mês deste ano.

Tags:

1. Você precisa ser cadastrado para enviar o seu comentário. Se ainda não fez o seu cadastro, por favor, clique aqui. Um e-mail será enviado para a sua caixa postal, fornecendo sua senha.

Esqueceu sua senha?

Preencha o campo abaixo com o mesmo endereço de e-mail que você usou para fazer o seu cadastro e enviaremos uma nova senha para a sua caixa postal: