Inovação também é assunto no congresso dos corretores

11/10/2019 / FONTE: CQCS

IMG_8716

Durante a parte da tarde, corretores que estão participando do 21º Congresso Brasileiro do Corretor de Seguros que acontece na Costa do Sauípe, na Bahia, organizado pela Fenacor, puderam participar de oficinas. Entre elas a que discutiu “Inovação no mercado de seguros: das grandes ideias ao dia a dia do seu negócio”.

Cláudio Simão, vice-presidente financeiro da Fenacor, foi o mediador. Na oficina executivos como Gustavo borges, gerente de planejamento da Escola de Negócios e Seguros, Cristiano Barbieri, vice-presidente de transformação digital, inovação e tecnologia da SulAmérica, Omar Ajame, CEO da TEX e Rogério Guandalini, head comercial, marketing e produtos na Europ Assistance, compartilharam suas experiências com a tecnologia.

Gustavo Borges contou que a escola passa por transformações e tem investido em tecnologia. Ele contou a história de um guia de turismo na Etiópia que precisa aumentar sua base de clientes e usou a internet para divulgar seu trabalho. Apesar de não ter acesso ou conhecimento, Borges contou que o guia usou de parcerias para divulgar seu trabalho em redes sociais.

Ele falou de armazenamento na nuvem e ferramentas de gestão de postagens nas redes sociais e também comunicação com as equipes. “são ferramentas que facilitam documentação de projetos e processos”, disse.
Já Cristiano Barbieri, vice-presidente de transformação digital, inovação e tecnologia da SulAmérica afirmou que as transformações digitais definem a tomada de decisões nas empresas. “A inovação vem de diversas pequenas apostas durante o ano. O comportamento humano muda rapidamente”. Ele revelou que na Sulamérica são feitos 400 mil atendimentos com robôs virtuais. “A velocidade que vamos ganhando pra fazer as inovações é impressionante”, disse.

Ele ainda listou inovações que vão beneficiar o corretor: inteligência artificial reduzindo o trabalho de backoffice, uso avançado de dados – “mais dados na mão do corretor e com grande facilidade de acesso vão ajudar a vender muito mais” – maior combate a fraudes. “Novas tecnologias vão potencializar o combate a fraudes e desperdícios reduzindo os custos de alguns produtos aumentando a competitividade”, ressaltou.
Omar Ajame, CEO da TEX, disse que todo corretor de seguros é um empreendedor que “é o cara que assume risco. E se você estiver certo como empreendedor, vai se dar muito bem. Se você fizer o que ninguém está fazendo, você tem oportunidade onde tem menos concorrência”, afirmou.

Rogério Guandalini, head comercial, marketing e produtos na Europ Assistance, falou sobre a atendente virtual com inteligência cognitiva da empresa, EVA. Ele explicou que ela faz suporte ao cliente de maneira humanizada e eficaz, sendo capaz de aprender e aprimorar a atuação a cada atendimento e, assim, melhorar a jornada do cliente e trazer soluções de gestão de veículo para melhor eficiência financeira e precificação dos seguros. “A Europ Assistance tem investido em uma transformação digital que deverá contribuir cada vez mais para o avanço do mercado de seguros”, contou Guandalini.

Notícias relacionadas


1. Você precisa ser cadastrado para enviar o seu comentário. Se ainda não fez o seu cadastro, por favor, clique aqui. Um e-mail será enviado para a sua caixa postal, fornecendo sua senha.

Esqueceu sua senha?

Preencha o campo abaixo com o mesmo endereço de e-mail que você usou para fazer o seu cadastro e enviaremos uma nova senha para a sua caixa postal: