IMPROVE reúne especialistas para discutir tendências no mercado de seguros

20/08/2018 / FONTE: CQCS | Sueli Santos

343962_816040_improve___edson_franco__glaucia_smithson_e_mailson_da_nobrega

Especialistas do mercado convidados pela Zurich discutiram o cenário econômico e político, novos riscos gerados pela transformação industrial, panorama da Previdência, vulnerabilidade cibernética.

O evento aconteceu em São Paulo e nasceu como a consolidação dois grandes eventos de referência antes promovidos pela Zurich: Corporate Conference e Risk Engineering. “É um evento inovador em conteúdo e formato, que cumpre dois princípios muito importantes para a Zurich: promover relacionamento e difundir conhecimento”, destacou Edson Franco, CEO da Zurich no Brasil.

Foram 180 profissionais que pensaram e discutiram o tema central “Transformando Riscos em Oportunidades”. A palestra de abertura coube ao economista Maílson da Nóbrega, que falou sobre Perspectivas da Economia Brasileira, destacando alguns indicadores que mostram uma recuperação em curso no país.

Maílson ressaltou ainda algumas plataformas de conquistas nos últimos anos que forma uma base para uma perspectiva positiva. “O Brasil tem instituições sólidas, uma base industrial complexa e diversificada, um setor de agronegócio extremamente competitivo, um sistema financeiro sólido e sofisticado, um forte mercado interno e enormes oportunidades”, afirmou o economista.

Ao longo do dia, foram diversas palestras simultâneas, com foco em apresentar mudanças, debater tendências e discutir soluções para o mercado de seguros. Um renomado time de especialistas da Zurich falou sobre os mais inovadores temas da atualidade, envolvendo seus riscos e suas oportunidades.

Para o encerramento, o IMPROVE contou com a presença do jornalista Arnaldo Jabor que discorreu sobre a questão “Quem é o Brasil? Presente e Futuro” em uma reflexiva apresentação sobre o tempo atual. Tempo que, na visão do jornalista, é estranho, mas também interessante. “Estamos em um período de mutação. Um país que sempre se pautou pelo atraso, mas está sedento por modernização. E temos condições objetivas para fazer a modernização vencer e fazer o país viver seu presente concreto, sem delírios”.

Tags:

1. Você precisa ser cadastrado para enviar o seu comentário. Se ainda não fez o seu cadastro, por favor, clique aqui. Um e-mail será enviado para a sua caixa postal, fornecendo sua senha.

Esqueceu sua senha?

Preencha o campo abaixo com o mesmo endereço de e-mail que você usou para fazer o seu cadastro e enviaremos uma nova senha para a sua caixa postal: