Notícias | 30 de julho de 2020 | Fonte: CQCS

Homem acusado de atear fogo no próprio carro para receber o dinheiro do seguro tem habeas corpus negado

Na última quarta-feira (29), o CQCS noticiou que um homem de 66 anos foi preso após ser acusado de atear fogo no próprio carro para receber o dinheiro do seguro do veículo. As chamas se alastraram e atingiram pelo menos 10 mil metros quadrados de vegetação na Reserva Biológica de Araras, em Petrópolis, na Região Serrana do Rio.

De acordo com o que foi informado pelo ‘Bom dia Rio’, o suspeito fez o pedido de habeas corpus, mas a justiça negou, explicando que a prisão em flagrante apresentava fatos considerados “extremamente graves”. Essa decisão caberá, então, ao juiz da audiência de custódia, que, pelo prazo previsto em lei, pode acontecer em até 24 horas após a prisão.

Ainda de acordo com o que informou o jornal, essa é considerada a maior operação de incêndio, esse ano, na Região Serrana do Rio de Janeiro. Ontem, quarta-feira, já era o terceiro dia que os bombeiros trabalhavam para apagar as chamas na Reserva. Uma área de quase 6km² já foi devastada, o que corresponde a mais ou menos 560 campos de futebol. 

__________________________________________________________________________________________________________________

Participe do Bom Dia Seguro, o maior grupo no WhatsAPP exclusivo para Profissionais de Seguros de todo Brasil.

Realize o seu cadastro através do link e venha compartilhar conhecimento: https://www.cqcs.com.br/cadastre-se/

Caso você já seja cadastrado no CQCS, envie um Fale Conosco solicitando participar do grupo. Link: https://www.cqcs.com.br/fale-conosco/

FAÇA UM COMENTÁRIO

Esta é uma área exclusiva para membros da comunidade

Faça login para interagir ou crie agora sua conta e faça parte.

FAÇA PARTE AGORA FAZER LOGIN