GR1D cresce como ecossistema de APIs no Brasil

29/10/2019 / FONTE: IT Fórum 365

Web

Empresa mira mercado de seguros, mas já trabalha para ampliar atuação para outras áreas

Peça-chave no universo das plataformas e da transformação digital, as Application Programming Interface (APIs) ganharam notoriedade nos últimos anos. Elas buscam facilitar integrações, acelerar negócios e aprimorar a experiência do usuário. As APIs se tornaram essencial para empresas trocarem dados e informações com segurança e rapidez com o mundo exterior. Negócios com visão de futuro já estão levando as APIs muito a sério e extrair valor para o cliente e financeiro.

Quando as empresas adotam uma estratégia robusta de APIs, os resultados podem ser transformadores. Uma pesquisa da empresa norte-americana de software Mulesoft descobriu que 80% das grandes empresas com mais de 10 mil funcionários geram mais de US$ 5 milhões por ano apenas com APIs.

Nesse mercado está a GR1D, startup criada pelo empreendedor Guga Stocco em dezembro de 2017 para ser um hub de APIs. Inicialmente, a atuação da empresa está focada no mercado de Seguros, conta Renato Terzi, CEO da GR1D. “São mais de 80 APIs somente para esse setor. Queremos chegar a 600 até o ano que vem”, revela o executivo, que tem larga experiência no mercado de Seguros.

O papel da GR1D, detalha ele, não é o de construir APIs, mas, sim, o de atuar como um marketplace para elas. Todas as APIs de parceiros passam por uma validação e antes de serem disponibilizadas para a rede de clientes, elas ganham um selo de verificação.

Em novembro, GR1D ampliará a cartela de APIs e ingressará na vertical financeira, de olho nos bancos que estão se adaptando ao open banking, sistema que permite que outras empresas e serviços acessem os dados dos clientes com a autorização explícita dele.

Um dos princípios do open banking é que os dados bancários pertencem aos clientes e não às instituições financeiras. “O open banking deverá gerar uma demanda importante para nós, já que o conceito exigirá que bancos publiquem suas APIs”, adianta Terzi. A expectativa do executivo é de que médios bancos e instituições financeiras acelerem suas jornadas para o open banking nos próximos meses.

No médio prazo, além das verticais Seguradoras e Financeira, a GR1D também vislumbra adicionar APIs para Saúde e Telecomunicações.

Tags:

1. Você precisa ser cadastrado para enviar o seu comentário. Se ainda não fez o seu cadastro, por favor, clique aqui. Um e-mail será enviado para a sua caixa postal, fornecendo sua senha.

Esqueceu sua senha?

Preencha o campo abaixo com o mesmo endereço de e-mail que você usou para fazer o seu cadastro e enviaremos uma nova senha para a sua caixa postal: