Notícias | 4 de janeiro de 2021 | Fonte: CQCS

Corretores de seguros devem redobrar sua atenção, 382/20 estabelece multa de até R$ 500 mil

A multa para quem não cumprir dispositivos da Resolução 382/20 pode variar de R$ 10 mil a R$ 500 mil. Essa sanção, definida nas disposições gerais da resolução, será aplicada a quem “descumprir ou não observar norma ou regulação de práticas de conduta, no que se refere ao relacionamento com o cliente, ou à política institucional de conduta”.

Portanto, os corretores de seguros devem redobrar sua atenção a partir de agora, uma vez que terminou dia 31 de dezembro o prazo estabelecido pela Susep para a adoção de uma “supervisão de caráter educativo e de orientação, sem nenhum tipo de punição”. Segundo a autarquia, a decisão objetivou permitir a todos os segmentos do mercado um período adicional de adaptação.

Então, as sanções já podem ser aplicadas. E mais: além da multa, o corretor de seguros que não seguir o que determina a Resolução 382/20 estará sujeito a penalidades já estabelecidas na regulação vigente, inclusive a suspensão da comercialização dos produtos e a inclusão no cadastro de pendências da Susep.

Além disso, a norma determina que caberá ao ente supervisionado ser “responsável pela atuação do intermediário de seus produtos, no que se refere ao cumprimento do disposto nesta Resolução”.

O ponto mais polêmico da resolução é o que obriga o corretor de seguros a informar ao cliente o valor da sua remuneração antes mesmo da assinatura da proposta. Ao justificar essa medida, a Susep alegou que, com a resolução, o Brasil passa a estar “aderente às melhores práticas internacionais de conduta e o setor de seguros aumenta o seu nível de transparência de informações ao consumidor”.

Já na ocasião em que estabeleceu um prazo maior para adaptação aos termos da resolução, a Susep anunciou, em comunicado, que a disponibilização das informações relacionadas à remuneração dos intermediários deve ocorrer “por meio da proposta de seguro, documento que antecede a contratação e que estabelece, entre outros itens, o valor do prêmio comercial”.

A Fenacor publicou no final de 2020 uma nota técnica com orientações para a categoria.

A federação recomenda que, ao disponibilizar o montante da remuneração, o corretor de seguros deixe claro e conscientize os clientes/segurados, ainda que de forma simples, sobre todo o trabalho que envolve o seu serviço e a necessidade de manutenção de estrutura para o bom andamento da assistência e da assessoria a ser prestada durante a vigência dos contratos – em geral 12 meses – além de demonstrar a responsabilidade social com o cumprimento de obrigações fiscais, trabalhistas e previdenciárias, e a sua importância para o fomento de poupança interna para o nosso País, justificando todos os custos agregados à sua atividade profissional.

A Fenacor acentua ainda que não há impedimentos para os corretores de seguros disponibilizarem aos seus clientes, o montante da sua remuneração e as despesas de toda ordem, demonstrando, também, o seu ganho líquido, que, dependendo do caso, “pode ainda ser dividido pela quantidade de meses da cobertura contratada”.

Além disso, a nota técnica reitera que encontram-se sub judice as matérias relacionadas a dois dispositivos da Resolução 382/20, que tratam da obrigatoriedade de o corretor de seguros revelar o montante da sua remuneração ao cliente, antes da assinatura da proposta, e da criação da figura do “cliente oculto”.

24 comentários

  1. ANTONIO JOSE DE ALMEIDA

    8 de janeiro de 2021 às 16:56

    Você precisa estar logado para ler o comentário.

  2. EDUARDO TADEU TORTORELLI DE BRITO

    8 de janeiro de 2021 às 10:55

    Você precisa estar logado para ler o comentário.

  3. Alex Jordão Silva

    6 de janeiro de 2021 às 10:19

    Você precisa estar logado para ler o comentário.

  4. SALAGAH GESTÃO EM CONTRATOS DE SEGUROS

    5 de janeiro de 2021 às 22:04

    Você precisa estar logado para ler o comentário.

  5. SALAGAH GESTÃO EM CONTRATOS DE SEGUROS

    5 de janeiro de 2021 às 21:45

    Você precisa estar logado para ler o comentário.

  6. Leonardo Sant'Ana C de Queiroz

    5 de janeiro de 2021 às 17:47

    Você precisa estar logado para ler o comentário.

  7. Gabriele C. Engler

    5 de janeiro de 2021 às 9:17

    Você precisa estar logado para ler o comentário.

  8. ADILSON LOPES

    4 de janeiro de 2021 às 19:30

    Você precisa estar logado para ler o comentário.

  9. Ari Cristofolini

    4 de janeiro de 2021 às 17:08

    Você precisa estar logado para ler o comentário.

  10. Ari Cristofolini

    4 de janeiro de 2021 às 17:00

    Você precisa estar logado para ler o comentário.

  11. Clexandre Camilo

    4 de janeiro de 2021 às 16:42

    Você precisa estar logado para ler o comentário.

  12. Marcus Vinicius Pereira Carvalho

    4 de janeiro de 2021 às 14:38

    Você precisa estar logado para ler o comentário.

  13. Jesus do Socorro Gonçalves dos Santos

    4 de janeiro de 2021 às 14:11

    Você precisa estar logado para ler o comentário.

  14. MARCIO DE LIMA DO ESPIRITO SANTO

    4 de janeiro de 2021 às 13:44

    Você precisa estar logado para ler o comentário.

  15. Gilberto Carone

    4 de janeiro de 2021 às 13:35

    Você precisa estar logado para ler o comentário.

  16. Gilberto Carone

    4 de janeiro de 2021 às 13:13

    Você precisa estar logado para ler o comentário.

  17. Corbiniano Noronha Lô

    4 de janeiro de 2021 às 13:03

    Você precisa estar logado para ler o comentário.

  18. Ari Cristofolini

    4 de janeiro de 2021 às 12:32

    Você precisa estar logado para ler o comentário.

  19. B5 Corretora de Seguros Corporativos Ltda.

    4 de janeiro de 2021 às 12:26

    Você precisa estar logado para ler o comentário.

  20. B5 Corretora de Seguros Corporativos Ltda.

    4 de janeiro de 2021 às 12:26

    Você precisa estar logado para ler o comentário.

  21. AUTÔNOMO

    4 de janeiro de 2021 às 12:11

    Você precisa estar logado para ler o comentário.

  22. Robson Ruiz Roberto

    4 de janeiro de 2021 às 12:09

    Você precisa estar logado para ler o comentário.

  23. EDUARDO NAVARRA

    4 de janeiro de 2021 às 10:56

    Você precisa estar logado para ler o comentário.

  24. Sirley Roberto

    4 de janeiro de 2021 às 10:45

    Você precisa estar logado para ler o comentário.

FAÇA UM COMENTÁRIO

Esta é uma área exclusiva para membros da comunidade

Faça login para interagir ou crie agora sua conta e faça parte.

FAÇA PARTE AGORA FAZER LOGIN