Corretor deve utilizar as ferramentas digitais para vender mais

29/07/2020 / FONTE: CQCS

photo-1427751840561-9852520f8ce8

No Pare e Pense desta terça, dia 28/07, Gustavo Doria Filho, fundador do CQCS, falou sobre a possibilidade do whatsapp vender seguros. “Essa é a grande pergunta. Eu posso garantir que ele vai tentar, porque vender seguros parece fácil mas não é”, alertou.

Gustavo lembrou que até empresas como a Tesla tentam vender seguros. A montadora tem rede, tecnologia e acesso aos hábitos do condutor devido ao IoT (internet das coisas). “Se vender seguros no digital fosse fácil tava cheio de insurtech vendendo seguros”, destacou.

Para ele, o whatsapp pode tentar vender seguros, mas a pergunta é se as pessoas vão comprar seguro? “Os bancos vendem seguro há muito tempo, mas 85% do seguro vendido no Brasil é pelo corretor; no Japão, 90%; no chile, 90%, e nos Estados Unidos, 85%”, revelou.

Doria destacou que os corretores devem se preocupar em como usar o whatsApp para vender seguro. “Entra na teoria do corretor biônico, o corretor que usa as plataformas tecnológicas para se aproximar do cliente que escolheu ele, o corretor de seguros, para comprar seguro”, alertou.

Ele destacou ainda que com o coronavírus, a taxa de renovação de seguros andou na casa dos 100% nos primeiros dias da quarentena. “Ficou provado que o consumidor quer o corretor. Então corretor pare, pense e reflita. O whatsapp vai vender seguros ou o corretor está usando o whatsapp para vender seguros?”, questionou.

________________________________________________________________________________________________________________________________

Venha debater esse assunto no Bom Dia Seguro, o maior grupo no WhatsAPP exclusivo para Profissionais de Seguros de todo Brasil.

Realize o seu cadastro através do link e venha compartilhar conhecimento: https://www.cqcs.com.br/cadastre-se/

Caso você já seja cadastrado no CQCS, envie um Fale Conosco solicitando participar do grupo. Link: https://www.cqcs.com.br/fale-conosco/

Tags: , ,

1. Você precisa ser cadastrado para enviar o seu comentário. Se ainda não fez o seu cadastro, por favor, clique aqui. Um e-mail será enviado para a sua caixa postal, fornecendo sua senha.

Esqueceu sua senha?

Preencha o campo abaixo com o mesmo endereço de e-mail que você usou para fazer o seu cadastro e enviaremos uma nova senha para a sua caixa postal: