Corretor de seguros dá ‘tom perfeito’ ao Roda Viva e chama atenção do atual governo

13/02/2019 / FONTE: CQCS | Sueli Santos

Roda-Viva

A participação do Corretor de Seguros Gustavo Cunha Mello no programa Roda Viva da TV Cultura alerta para a importância do seguro. Ele estava entre os entrevistadores no programa da última segunda-feira, dia 11, que teve como entrevistado o ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles.

Mello sugeriu que a contratação de um seguro contra tragédias. “Apresenta uma apólice de seguro; resolve o problema da fiscalização. O governo do senhor pretende mudar isso, passar a exigir um seguro mínimo, de acordo com atividade de risco?”, perguntou o corretor.

Mello defendeu um seguro ambiental e um de responsabilidade civil “para danos extra muros, que machuquem as pessoas, destruam suas casas, desvalorizam imóveis na vizinhança porque eu joguei um produto químico ali”, sugere. Ele deu como exemplo empreendimentos de alto impacto, como indústria química e mineradoras.
O ministro classificou como moderna a sugestão de obrigar empreendedores a contratarem um seguro contra tragédias.

Mas o seguro não serviria apenas para altos riscos. O corretor exemplificou que o seguro poderia ser uma solução para empreendimentos de baixo impacto ambiental como uma marcenaria. “Então se ele apresenta uma apólice, eu não preciso ter fiscal para ir ver uma marcenaria”. A proposta vem junto ao reconhecimento de que o empreendimento não é isento de riscos. “O pó da madeira aumenta muito a probabilidade de pegar fogo e explodir”.

Gustavo Mello é economista e sócio da Correcta que se apresenta como a “maior corretora de seguros aeronáuticos do Brasil, também opera com riscos industriais, riscos de petróleo, transportes, agronegócio, garantias e fianças”.

Tags: , , ,

1. Você precisa ser cadastrado para enviar o seu comentário. Se ainda não fez o seu cadastro, por favor, clique aqui. Um e-mail será enviado para a sua caixa postal, fornecendo sua senha.

Esqueceu sua senha?

Preencha o campo abaixo com o mesmo endereço de e-mail que você usou para fazer o seu cadastro e enviaremos uma nova senha para a sua caixa postal:

nenhum comentário

    Francisco Ademar Alves

    Você precisa estar logado para ler o comentário.