Há duas fontes perenes de alegria pura: o bem realizado e o dever cumprido. Eduardo Galvão

notícias

Comissão mínima gera intenso debate entre Corretores

26/10/2016 / Fonte: CQCS

amo-direito-post-mulher_dinheiroO estabelecimento de uma comissão mínima para os corretores de seguros tem despertado intensos debates entre os corretores de seguros. O presidente do Sincor-SE e diretor da Fenacor, Érico Melo Nery, por exemplo, vem alertando que esse debate “é muito importante”, uma vez que, diante da concorrência acirrada entre os corretores, a tendência é mesmo a de diminuição das margens, principalmente do ramo automóvel. “O corretor tem que conhecer bem sua operação para que a comissão utilizada seja suficiente para a manutenção do negócio”, frisa Érico Melo.

Para ele, uma comissão mínima de 15% teria boa aceitação no mercado e não impactaria muito no custo do seguro. “Não adianta fixar uma comissão maior do que o segurado possa desembolsar”, argumenta o presidente do Sincor-SE, acrescentando ainda que não se pode discutir comissão mínima esquecendo de que quem paga é o consumidor e de que tal medida tem que ser “regra de todos os canais de distribuição”.

Já o corretor de seguros Eliseu Marcos Christo, de Cascavel (PR), assinala que é plenamente favorável à proposta. Na visão dele, a comissão mínima deve ser de 15%, pois “para fazer um negócio, acabamos abrindo mão de parte da comissão”.

Eliseu Christo observa ainda que, nos chats e encontro de corretores, ninguém admite que aceita oferecer um desconto, “mas, na hora que está negociando, a atitude é outra”.

Por sua vez, a vice-presidente de Relações com o Mercado do Sincor-RS e presidente do Clube das Gurias, Roseli Lustosa de Castro, acentua que a comissão mínima de 15% serve para moralizar o mercado, freando a ação de maus corretores, que aceita comissionamento de 10% ou até 5% para formar carteira “pegar” o cliente que é segurado há anos de um colega. “Esses corretores não têm compromisso com o cliente, não conhecem o produto direito. E o cliente ainda acha que está sendo lesado pelo corretor profissional, que tem escritório, toda uma estrutura”, critica.

Para ela, esse quadro precisa ser alterado, pois se “deixar liberado, esses corretores estragam o mercado”.


.
  • listagem

Atenção:

1. Você precisa ser cadastrado para enviar o seu comentário sobre esse vídeo. Se ainda não fez o seu cadatro, por favor, clique na área "Entre", no topo da página. Um e-mail será enviado para a sua caixa postal, fornecendo sua senha.

Esqueceu sua senha?

Preencha o campo abaixo com o mesmo endereço de e-mail que você usou para fazer o seu cadastro e enviaremos uma nova senha para a sua caixa postal:


27 comentário(s)

    HERINGER & CORTES ADM. CORR. SEGUROS LTDA

    MONAZITA SERV. ADM. SEG. LTDA.

    ALFERSA CORRETOR DE SEGUROS

    SHEYLA MARCIA GONCALVES NUNES

    Ricardo Tosetto

    Ricardo Tosetto

    XCOR ADM. E CORRETORA DE SEGUROS LTDA

    DIASBHZ CORRETORA DE SEGUROS LTDA

    Flávio Antonio Mueller SUSEP 10.0404624

    INVICTUS CONSULTORIA ADM AUD CORR SEGS LTDA

    GUANAMBI CORRETORA DE SEGUROS LTDA

    BARCELOS BARRETO ASS CONS CORRET SEGS LTDA

    ANCORA CORRETORA

    MARCIO BENTO DE CARVALHO

    XCOR ADM. E CORRETORA DE SEGUROS LTDA

    ARNUSS JR (Corretor de Seguros - SUSEP 10.0716081)

    ALG SEGUROS

    EDISON PEDRO VIRGINELLO

    Inspeções, Regulações e Auditorias.

    WG CONSULTORIA E CORRETAGEM DE SEGUROS

    Éder Corá

    Jose Valter

    LEONARDO FIALHO CORRETORA DE SEGUROS

    ARMINDO MEDEIROS FORTUNATO

    Vitor Boechat

    FABIO BATISTA DOS SANTOS

    Flávio Antonio Mueller SUSEP 10.0404624