Você não tem que ser um poeta, mas tem de ser um cidadão Nikolai Nekrasov

notícias

Chape: Famílias das vítimas ainda estão negociando o pagamento do seguro com a resseguradora

20/03/2017 / Fonte: CQCS | Juliana Leite

chapecoense2Na última quarta-feira (15) a Chapecoense realizou uma reunião com os familiares das vítimas do acidente com o avião do time que deixou 71 mortos na Colômbia em 29 de novembro do ano passado. No encontro, algumas famílias negaram a proposta realizada pela resseguradora contratada pelo voo da LaMia.

De acordo com uma fonte do setor, que prefere não ser identificada, apenas um menor grupo que estão entre as viúvas do jogadores que não concordaram com a negociação. “A pauta da reunião foi para prestar esclarecimentos e apresentar a proposta que um grupo de resseguradores idealizou. Foi ofertado um valor de U$ 200 mil (R$ 620 mil) por vítima, tanto mortos, quanto os 4 sobreviventes”.

Ainda segundo a fonte, a maioria das famílias está disposta a negociarem e compreendem a situação. “Algumas famílias já nos procuraram, dizendo que aceitam o acordo e que querem encerrar a história”. A fonte ainda revelou que os demais grupos de familiares estão se mobilizando para uma contra proposta a ser feita contra a LaMia, Governo Boliviano e instituições de regulação de voos.

Durante a reunião, a resseguradora apresentou as infrações da LaMia que descaracterizaram o cumprimento do contrato e ocasionou na negativa do pagamento das indenizações. Conforme a fonte, que preferiu se manter no anonimato, a negativa ocorreu por conta da suspensão do prazo de cobertura, por falta de pagamentos.

“Foi a suspensão por falta de pagamento, suspensão de cobertura e também por uma questão de âmbito geográfico – porque ela não poderia sobrevoar a Colômbia – que houve a negativa. Outra situação é que no questionário de avaliação de risco, na colocação do risco, eles informaram que faziam apenas voos domésticos”, disse.

Apesar do clima de insatisfação que se instalou na reunião, o clube alertou aos familiares sobre os prazos legais para que nenhum processo se prescreva. “Foi dado um prazo aos familiares para que eles possam pensar na proposta. Agora vamos esperar que eles nos procure”. A próxima reunião será realiza em maio, onde os resseguradores apresentarão às respostas dos familiares.


  • listagem

Atenção:

1. Você precisa ser cadastrado para enviar o seu comentário sobre esse vídeo. Se ainda não fez o seu cadatro, por favor, clique na área "Entre", no topo da página. Um e-mail será enviado para a sua caixa postal, fornecendo sua senha.

Esqueceu sua senha?

Preencha o campo abaixo com o mesmo endereço de e-mail que você usou para fazer o seu cadastro e enviaremos uma nova senha para a sua caixa postal:


nenhum comentário