Remuneração e responsabilidade

11/05/2020 / FONTE: Marcelo Monteiro-Corretor de Seguros

1-CALCULAR

Eu pensei bastante e cheguei à seguinte conclusão:

Se ganhamos bem, é porque merecemos. Se ganhamos bem, isto significa que a nossa profissão é muito importante e de muita responsabilidade.  Na minha opinião, o que falta é nossos clientes saberem da importância e responsabilidade que nós, corretores de seguros, temos. Isso cabe a nós mesmos.

Gosto muito de fazer analogias. Vamos a uma delas, a qual certamente falarei a algum cliente, caso ele argumente que eu ganhei muito para “fazer o seguro dele”.

Vamos lá: Um médico ganha bem? Sim, sabemos que ganha bem. E por quê ele ganha bem? Ele ganha bem por conta de sua responsabilidade. Vejam a responsabilidade de um médico ao receitar um remédio ou ao fazer uma cirurgia em um paciente. E se algo dá errado? A culpa pode ser imputada ao médico e inclusive ele pode até perder o diploma e ter que arcar com altas indenizações. É, o médico tem uma grande responsabilidade, Portanto deve ser muito bem remunerado para isso.

Imagine que este médico, obviamente tenha feito um seguro de RCP com o seu corretor de confiança.  Quanto será que este corretor ganhou de comissão neste seguro? Duzentos, quinhentos, um mil Reais? Olha a responsabilidade deste corretor por estes valores de comissão. E se o médico erra, recorrerá ao corretor. Imagine se o seguro não tenha sido renovado, ou se as coberturas não estão adequadas… ai deste corretor!! Viram a enorme responsabilidade que temos?

Um engenheiro, ganha bem? Sim, ganha muito bem. Imagine a responsabilidade para o projeto e construção de um viaduto. Aí este viaduto, por erro de projeto rui. Milhões em prejuízos materiais e dezenas de vidas perdidas por um erro. Imagine então a responsabilidade do corretor ao elaborar esta proposta de seguro. E, quanto este corretor ganhou de comissão neste seguro? Acredito que ganhou bem sim, justo ganhar bem com tamanha responsabilidade.

Mas, vamos a um exemplo de nosso dia a dia, no seguro de automóvel. Seguro de um carro médio, R$ 40 Mil da Fipe. Danos materiais a terceiros em R$ 150 Mil e Danos corporais a terceiros em R$ 200 Mil. Vejam, R$ 390 Mil em Risco. Prêmio do seguro R$ 2 Mil, com 20% de comissionamento. Este corretor ganhou bruto R$ 400,00. Olha a responsabilidade em obter dados do segurado e seu perfil, em elaborar a proposta, em transmitir, em acompanhar os débitos e etc…etc…etc…E, se o corretor comete algum erro? E se o corretor por engano errou o CEP de pernoite ou então a data de nascimento do condutor? E se o corretor esqueceu de transmitir a proposta?

Será que um médico consegue viver sem estresse e deitar na cama e relaxar à noite?

Será que um engenheiro consegue viver sem estresse e deitar na cama e relaxar à noite?

Será que um corretor de seguros consegue viver sem estresse e deitar na cama e relaxar à noite?

Marcelo Monteiro-Corretor de Seguros

Santos-SP

Tags:

1. Você precisa ser cadastrado para enviar o seu comentário. Se ainda não fez o seu cadastro, por favor, clique aqui. Um e-mail será enviado para a sua caixa postal, fornecendo sua senha.

Esqueceu sua senha?

Preencha o campo abaixo com o mesmo endereço de e-mail que você usou para fazer o seu cadastro e enviaremos uma nova senha para a sua caixa postal: