O Mercado Parou?

10/04/2018 / FONTE: Sergio Ricardo de M Souza


Por Sergio Ricardo de M Souza

Os Corretores de Seguros têm reclamado que o mercado está pouco aquecido, o que em parte é verdade, por conta da cauda da crise econômica e política, mas esse fenômeno tende a não se estender além do primeiro e segundo trimestres.

Nem tudo está perdido.

Há sinais de lenta retomada de oportunidades de crédito, com consequências positivas para o mercado de automóveis. A safra agrícola está garantida e as exportações de equipamentos também começaram a reagir.

Uma outra tendência é a de revisão para cima das taxas de seguros de automóveis e patrimoniais para equilibrar a sinistralidade e a demanda.

A partir de maio e junho estará aberta a negociação dos reajustes de planos de saúde, o que também deve movimentar o mercado.

Enfim, resta trabalhar, gastar sola de sapato e lembrar que ninguém está sozinho nas crises.

Sangue frio, nada de desespero e mãos à obra.

Notícias relacionadas


1. Você precisa ser cadastrado para enviar o seu comentário. Se ainda não fez o seu cadastro, por favor, clique aqui. Um e-mail será enviado para a sua caixa postal, fornecendo sua senha.

Esqueceu sua senha?

Preencha o campo abaixo com o mesmo endereço de e-mail que você usou para fazer o seu cadastro e enviaremos uma nova senha para a sua caixa postal: