Maio Amarelo - Faça parte, crie e conscientize um trânsito seguro.

debate seguro

Colega pede indicação de Plataforma para Corretor PF. Quem pode ajudar?

12/02/2016 / Fonte: Debate Seguro

Nome – MARCELLO

E-Mail – marcello@fortunit.com.br

Empresa – FORTUNIT CORRETORA DE SEGUROS

Cidade / UF – RIBEIRÃO PRETO / SP

Assunto

Plataformas para corretores PF.

Prezados (as),

Iniciei minhas atividades a pouco tempo neste segmento e estou com muita dificuldade com Cadastro, pois algumas Cias não aceitam corretores PF.

Gostaria de saber mais sobre trabalhar através de plataforma, se vale a pena e se poderiam me indicar alguma plataforma de confiança que tenha um atendimento sério e ágil.

Agradeço a todos e aguardo ajuda.

CQCS Responde: Marcelo, estamos publicando sua demanda para que os colegas possam te auxiliar com essa informação.

 


.
  • listagem

Atenção:

1. Você precisa ser cadastrado para enviar o seu comentário sobre esse vídeo. Se ainda não fez o seu cadatro, por favor, clique na área "Entre", no topo da página. Um e-mail será enviado para a sua caixa postal, fornecendo sua senha.

Esqueceu sua senha?

Preencha o campo abaixo com o mesmo endereço de e-mail que você usou para fazer o seu cadastro e enviaremos uma nova senha para a sua caixa postal:


10 comentário(s)

    CASTELLO BRANCO

    Comentário:

    Caro Rodrigo
    Obrigado pela participação e não estou generalizando o inicio da profissão como PF.
    O amigo ate corroborou subliminarmente o que havia dito. Sua turma de 13 formandos foram de PJ.
    Aqui a nossa turma deste ano, 90/100 formandos, 10% se iniciam como PJ se garantindo da nova referencia contabil. Apenas como ilustração para se tirar uma ME gasta-se em media R$ 1.600,00.
    Mas tudo depende do foco de atuação que pela experiência tanto como dirigente de seguradora, como prof e empresario entendo que para os que iniciam e eainda “verdes” no ramo, o mais correto é PF.
    Não vamos discutir aqui as vantagens e desvantages das modalidades, mas sim dar depoimento para quem se inicia. Esse é o mote do tema.

    Um graqnde abraço


    Rodrigo Pimentel - Susep: 10.2027031.3

    Comentário:

    Caro, Castello Branco!
    Os comentários aqui relatados são experiências reais e verídicas que estão ocorrendo no mercado atualmente. Creio que ele deva ouvir os comentários de todos os tipos e reter o que lhe for interessante.
    Particularmente eu não o vejo como concorrente até pq estou alocado em outro estado, mas você afirmar que todo corretor começa como PF é generalizar demais, até porquê da minha turma formada que foram ao todo 13, todos se iniciaram como PJ. E que eu saiba ninguém herdou nada de Papai e nem Mamãe. Até pq atualmente com o advento do Simples, Co-Working, Contabilidade – ON-Line se é possível abrir uma empresa. No mais o que tira de proveito de seu post se resume a força que você deu ao novato.


    CASTELLO BRANCO

    Comentário:

    Caro Marcelo
    Se você for ouvir os comentários de concorrentes vai desanimar e pior, abandonar a profissão que tão cara e arduamente conquistou.
    Todo corretor começa com PF e esse é o caminho correto a não ser que o “papai” ou a “mamãe ” “vovô e/ou vovó” tenham uma Pj e passem pro “filhinho ou netinho”.
    Não é o caso da grande maioria pois essa transferência representa entre 2% a 5% .

    O primeiro passo que você tem que fazer é definir o seu nicho principal de negócios: se Auto, se Vida, se RC, se Massificados, etc. Isso é FUNDAMENTAL.
    Definido esse nicho, selecione entre 3 a 4 seguradoras. Não mais que isso. Sugestão:
    Porto, Sul America, Bradesco e uma outra dependendo de seu foco.(todas operam com PF e pedem uma produção minima entre R$ 3.000,00/5.000,00 /mês) Marque PESSOALMENTE uma visita com o Gerente comercial e se inteire de seus produtos. CONHEÇA MUITO BEM OS PRODUTOS DESSA SEGURADORA pois tem corretor (PF ou PJ) que desconhece a cobertura básica dos produtos que vende. Ai está seu diferencial: MOSTRAR QUE CONHECE e dar segurança ao seu cliente.
    Sou professor da Funenseg ´há 20 anos e praticamente todos esse corretores estudaram por apostilas minhas.
    Ministro praticamente todas as matérias do curso inclusive a do último módulo “Gestão Empresarial” em que nossos alunos fazem um trabalho de montagem de sua corretora.(Parte do que lhe oriento acima faz parte desse trabalho)
    Vá em frente, faça seu projeto e será bem sucedido.
    Se precisar estou a sua disposição lhe orientando ajudando ao sucesso da profissão.
    Visite meu site http://www.grupocastellobranco.com.br
    Abraços e Boa sorte!


    MGN GIMENES CORRETORA DE SEGUROS LTDA

    Comentário:

    Realmente é complicado, algumas cias não aceitam PF(devido ao repasse obrigatorio de 20% de imposto paga por elas ao governo, que é calculado em cima da comissão paga ao corretor PF): outras abrem e fecham o cadastro conforme demandaXregião, de certa forma é bom e ruim, é bom pois protege o mercado, e as corretoras já existentes e com produções consideráveis, e ruim para o coitado que quer iniciar a atividade. O problema é que com essa avalanche de novas suseps devido ao monte de polos que a funenseg abriu, tem muito aventureiro…que ao invés de melhorar o mercado vai piorar o mesmo ….
    Faça primeiro carteira como pf, qdo tiver uma comissão mensal que já valha a pena, abra a pj, com o simples ficou legal, só 6 % de impostos…


    Marcello Antonio Borsatto

    Comentário:

    Olá Ricardo…espero que tenha mais sorte e não passe por estas situações desagradáveis.

    Quando iniciei minhas atividades, consegui alguns cadastros rápidos como: Porto Seguro, Azul, Itaú, Mapfre, Na Sulámerica Saúde, depois de muito tempo tentando, consegui formulários para solicitação de cadastro.

    Na Tokyo Marine, HDI, Allianz, Liberty, Omint ( saúde ), Maritima entre outras não aceitaram PF.

    Com tudo isso, deixo minha sugestão…se por acaso pretende montar primeiro a estrutura e depois a carteira de clientes, repense seu planejamento, pois temos nosso colega Rodrigo como exemplo…está sentindo grande dificuldade em manter a estrutura que acredito ter investido um alto valor sem retorno justo devido a falta de controle e fiscalização no nosso segmento.

    Podemos conversar mais sim sobre o assunto.

    Grande abraço


    Marcello Antonio Borsatto

    Comentário:

    Pois é Rodrigo…infelizmente impossível competir…nós iniciantes iremos passar por muitas dificuldades ainda. Por sorte, não investi em estrutura graças a um conhecido que me instruiu a criar uma carteira. Fora estes problemas que citou há clientes abrindo mão da proteção de seu patrimônio e assumindo riscos para equilibrar orçamento.

    Espero que tenhamos condições e força para continuar lutando e também conseguir conquistar um lugar ao sol. Sabia que teria certas dificuldades, mais não imaginava ser tratado com tanto descaso pelas Cias.

    Enquanto isso, continuamos na luta e trocando idéias. Abs.


    RICARDO MARTINS PEREIRA

    Comentário:

    Caro Marcelo, eu também estou iniciando nesse negócio, e minha SUSEP acabou de ser “emitida”, e, por certo, passarei pelos mesmos problemas que você. Eu gostaria de discutir esse assunto com você, para poder trocarmos algumas ideias, pois talvez eu tenha encontrado uma solução alternativa para o problema que você esta relatando. Por favor, entre em contato comigo, para podermos conversar (por telefone ou pessoalmente). Estou em Taquaritinga/SP, e posso ir até Ribeirão Preto se assim desejar. Eu também gostaria de saber quais as seguradoras que não estão aceitando mais corretores, pois nem iniciei o meu cadastro junto a elas, já que ainda aguardo o meu Alvará de Funcionamento (também exigido pelas seguradoras). O meu telefone é (16) 9-8138-7013 – TIM, ou (16) 3253-2163.


    Rodrigo Pimentel - Susep: 10.2027031.3

    Comentário:

    Marcello!!
    Infelizmente a Funenseg virou uma fábrica de certificados. Também sou corretor recente pois tirei minha habilitação no ano passado. Antigamente o curso tinha a dificuldade um pouco mais acentuada que consequentemente filtrava a qtde de profissionais no mercado porém a atualidade é outra. A Funenseg espalhou vários pólos pelo Brasil afora e facilitou a obtenção dos certificados. Sou PJ e estou encontrando um dificuldade enorme em prospectar pois a concorrência está desenfreada. Já Investi em estrutura, capacitação, mkt digital, site, etc. Mas…..a cada esquina se tem corretores e os famigerados pastinhas. Conheço corretora na minha região que possui ao todo 85 produtores(Pastinhas). Eu não possuo produtor e te pergunto??Como competir com isso?


    Marcello Antonio Borsatto

    Comentário:

    Olá Rodrigo…acho muito sério o que está acontecendo…a preocupação em captar inscrições para o curso de corretores é enorme…a cada dia se formam inúmeros corretores…os elogios as Cias durante o curso eram de brilhar os olhos. hoje sinto na pele a tamanha dificuldade…infelizmente nem suporte certas Cias oferecem quando se trata de PF. Fica minha pergunta…Como conseguiremos impulsionar nosso negócio dessa maneira ? Como conseguir tornar a PF em uma empresa grande e de sucesso sem nenhum apoio ?

    Um abraço.


    Rodrigo Pimentel - Susep: 10.2027031.3

    Comentário:

    Infelizmente algumas cias não estão cadastrando nem PJ’s.
    Alegam que o mercado está saturado e não efetuarão cadastros de novas Corretoras(es) pois a base de dados se encontra sobrecarregada de parceiros.